9 de dezembro de 2016

Te paralisa e te mata... mas continua com você.

No momento em que escrevo este texto os alunos do curso Conexão de Luz não sabem ainda sobre o tema da próxima aula.

E o tema é esse... essa coisa que paralisa você;
que detona sua evolução, adoece suas células...

E mata até suas plantas.

E, no entanto, não importa o que você faça, essa coisa continua com você.


Porque faz parte da sua vida... o Medo.

O duro do medo é que ele é uma emoção básica...

Sem o medo não se sobrevive.

Por outro lado, se você der um espacinho um pouquinho maior do que ele merece ter...

Aí sua vida não anda. Estagna. 

E você fica lá pra baixo, deprimido, vendo a vida passar feliz só para os outros.

Em seu livro A Biologia da Crença, o autor Bruce H. Lipton conclui que o medo constante influencia no funcionamento das células de tal forma que chega a interromper seu funcionamento.

O medo mata.

A nós e às plantas...

Como eu sei disso?

Há anos que centenas de pessoas chegam para mim dizendo:

- Leticia, eu mato todas as minhas plantas, não consigo cultivar nada...

E eu pergunto:

- Quando você rega suas plantas, você está pensando no quê? No medo de que elas morram?

Adivinha qual é a resposta... 100% das vezes...

É.

O medo é sentido pela planta...

"O Universo é um ser completo, dinâmico e indivisível no qual energia e matéria estão tão intimamente ligadas que não se pode considerá-las elementos independentes." diz o mesmo autor, Bruce H. L., cientista.

Mas, se o medo faz parte da vida... e agora?

Bem... na próxima aula os alunos do curso vão aprender algumas armas secretas para lidar com esse medo indesejado...

Mas eu vou compartilhar aqui com você uma palhinha disso.

Vamos pensar juntos:

Você sabe qual é o oposto do medo?

Muitos dizem que é a coragem...

Mas, na minha opinião, coragem é agir apesar do medo.

A melhor definição de oposto do medo que eu já encontrei veio do autor Neale Donald Walsch.

O oposto do medo é o amor!


Onde há medo, não tem espaço para o amor...
mas onde há amor, não há medo.

O medo estagna,
o amor flui.

O medo separa,
o amor une.

Da discussão com o cônjuge, às maiores guerras mundiais, o que separa é o medo.

E, por outro lado, todos os mestres espirituais trazem a mensagem do amor.

Assim, quem diria...

Para você viver uma vida mais fluida...

Para você ter um jardim mais verde...

Basta amar mais! ;)

#boraplantarluz






Nenhum comentário:

Postar um comentário